Segunda-feira, 9 de Março de 2009
REFLECÇÕES - Aceitação
 

"Aceitação”

 Sei que não sou diferente de ninguém e todos somos iguais com os mesmos defeitos de caracter, só que uns têm-nos máis vincados do que outros.

Normalmente é-me difícil abrir o livro da minha vida e ser verdadeiro. Faz parte dos meus medos.

 Acerca da aceitação, essa palavra tão digna, acima de tudo exige de mim honestidade. Honestidade para comigo próprio, porque acho que para poder aceitar os outros, tenho prioritáriamente de me aceitar a mim mesmo, senão não consigo sê-lo com veracidade. O que não é simples, mas sem isso não faz sentido.

Vejo é que algumas pessoas dão menor importância à transparência do que eu e, formam o seu caractér de alguma forma destorcido, construindo dessa forma a sua maneira de ser.

Depende de mim agora aceitá-las como elas são, mas em regra geral penso que cada um é como quiser, e tem o seu valor intrínseco.

Em relação à aceitação da realidade, essa para mim também é, complicada. No entanto já aprendi que ela é uma exigência imposta a um nível e a uma sanidade mental dentro dos parametros normais, da vida.

Achar que sou diferente ou melhor do que os outros é, para mim, um erro craço.
 

Abraços, 

 Manuel

08/03/2009



publicado por Palhota da MalaMala às 01:25
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

"A Frelimo de hoje dá cob...

LEITURAS .1.

PENSAMENTOS XII

AUTO-ESTIMA V

PENSAMENTOS XI .Culpado...

PENSAMENTOS X .Perceber...

PENSAMENTOS IX - "Gratid...

PEGADAS NA AREIA

PENSAMENTOS VIII

AUTO-ESTIMA IV

arquivos

Junho 2013

Março 2009

Fevereiro 2009

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds